Categoria: Saúde

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras - baixadanaweb

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras

DUQUE DE CAXIAS – O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, publicou, nesta última terça-feira (5), um decreto desobrigando o uso de máscara facial no território do Município de Duque de Caxias. A nova determinação leva em conta o alto número de pessoas vacinadas contra o novo coronavírus na cidade da Baixada Fluminense e os índices de casos em constante queda.

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras - baixadanaweb

Segundo o decreto, “fica desobrigado o uso de máscara facial no período da pandemia do COVID-19, em local aberto ou fechado, em todo o território do Município de Duque de Caxias”. Este caso não se aplica no caso da pessoa que se encontre infectada ou com suspeita de estar contaminada com o vírus coronavírus durante o período de transmissão.

Atualmente, Duque de Caxias já aplicou mais de 900 mil doses da vacina contra o coronavírus. O número de aplicações de primeira dose já ultrapassou a marca de 70% da população alvo. A segunda dose na cidade da Baixada Fluminense alcançou, até o momento, 46,8% do público alvo.

Para saber os locais e dias de vacinação contra a COVID-19 no município veja mais informações em: https://duquedecaxias.rj.gov.br/pagina/servicos/cronograma-de-vacinacao

Com informações da Prefeitura de Duque de Caxias


Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5) - baixadanaweb

Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5)

NOVA IGUAÇU – A Prefeitura de Nova Iguaçu, informou que nesta terça-feira (5), estará realizando a vacinação contra a Covid-19 para pessoas acima de 12 anos. A dose de reforço segue sendo aplicada em imonussuprimidos, idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde. Todos os 24 pontos de imunização funcionarão das 8h30 às 16h, normalmente.

Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5) - baixadanaweb

Calendário de vacinação nesta terça-feira (5)

– Pessoas acima de 12 anos;

– Imunossuprimidos com 28 dias após segunda dose ou dose única (dose de reforço);

– Idosos acima de 60 anos com seis meses após segunda dose ou dose única (dose de reforço);

– Profissionais de saúde da rede municipal e privada com seis meses após segunda dose ou dose única (dose de reforço).

Segunda dose

Continuará sendo aplicada conforme agendamento de retorno

Horário: Das 8h30 às 16h

 Locais: Drive-Thru Top Shopping, Drive-Thru DETRAN Bairro Botafogo, Drive-Thru Shopping Nova Iguaçu, Drive-Thru Centro Olímpico, Espaço Municipal Da Terceira Idade (Esmuti), Clínica Da Família Dom Bosco, Clínica Da Família Vila Operária, Usf Rancho Fundo, Centro De Atendimento Ao Deficiente (Cad),  Clínica Da Família Marfel, Clínica Da Família Do Caiçara,  Clínica Da Família Do Ambaí, Clínica Da Família Jardim Paraíso, Clínica Da Família Vila De Cava,  Clínica Da Família Austin, Clínica Da Família Odiceia Morais, Policlínica Miguel Couto, Clínica Da Família Emília Gomes, Clínica Da Família Boa Esperança, Clínica Da Família Cabuçu,  Clínica Da Família Maraú,  Clínica Da Família Do Km32,  Clínica Da Família Edi Pinto Da Silva, Centro De Saúde Vasco Barcelos.

A lista completa com os pertencentes aos grupos de vacinação, documentos que devem ser apresentados para a imunização, os endereços dos 24 pontos de vacinação contra a Covid-19 e o calendário de imunização estão em: www.novaiguacu.rj.gov.br/semus/vacinacao-covid/calendario

Com informações da Prefeitura de Nova Iguaçu


Itaguaí ganha Programa de Combate à Obesidade - baixadanaweb

Itaguaí ganha Programa de Combate à Obesidade

ITAGUAÍ – Os moradores da cidade de Itaguaí, na Baixada Fluminense, agora contam com o Programa de Combate à Obesidade, uma iniciativa da Prefeitura, viabilizada pela Secretaria Municipal de Saúde e com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes. O foco é promover mudanças nos hábitos alimentares e no estilo de vida de pessoas com sobrepeso, além de prevenir doenças como colesterol alto, diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, entre outros.

De acordo com a administração municipal, os atendimentos acontecem no Centro Municipal de Especialidades – Cemes, às quartas e quintas-feiras, às 14h, reunindo grupos de até 10 pessoas, entre homens e mulheres de todas as idades, que terão respaldo profissional para emagrecer.

Na última quarta-feira (29/09), houve o segundo encontro do programa, ocasião em que os pacientes receberam as primeiras instruções, tanto sobre a questão da nutrição, assim como puderam conhecer os projetos de atividades físicas que são oferecidos na cidade.

A nutricionista Alessandra Cabral, do Cemes, explica que o programa é uma conquista para o itaguaiense. Ela revela como é a dinâmica dos trabalhos.

“Nos encontros, a gente fala sobre alimentação saudável, reeducação alimentar, como os pacientes devem proceder para emagrecer de forma correta. Muitas vezes, as pessoas fazem dietas mirabolantes, sem orientação correta. Aqui, é diferente, eles vão receber um material contendo um plano alimentar”, conta Alessandra, lembrando que os pacientes serão assistidos mensalmente com a verificação de Índice de Massa Corpórea – IMC, peso, altura, todo o diagnóstico nutricional.

A nutricionista acrescenta, ainda, que o Programa de Combate à Obesidade conta o suporte de outros profissionais, como endocrinologistas, psicólogos, psiquiatras e professores de educação física.

“Se a pessoa não conseguiu atingir uma meta desejada, vamos buscar a causa do problema, ver o que está acontecendo e encaminhá-la para avaliação com os demais profissionais”, afirma Alessandra.

Ingresso ao programa

Coordenadora do Cemes e uma das idealizadoras do programa, Luciângela Xavier explica que os interessados em fazer parte desse acompanhamento devem primeiro buscar atendimento clínico nas unidades básicas de saúde.

Na sequência, depois da avaliação, o médico vai elaborar um diagnóstico do paciente para definir se há necessidade de inseri-lo no sistema de regulação. Após esse processo, o paciente será encaminhado ao projeto destinado ao controle de peso.

Com informações da Prefeitura de Itaguaí


Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac - baixadanaweb

Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, informou que enviou às secretarias estaduais um alerta sobre a possibilidade de adulteração de frascos da vacina CoronaVac, usada na imunização contra a covid-19

Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac - baixadanaweb

Desde maio, a Anvisa investiga um possível caso de falsificação ocorrido no Maranhão. De acordo com a apuração, um frasco vazio de vacina foi reaproveitado para introdução de um líquido desconhecido. Um lacre adulterado também foi utilizado. 

Como medida de segurança, a agência recomendou que profissionais de saúde designados para aplicação de vacinas verifiquem se os frascos recebidos pelo Instituto Butantan estão intactos. Além disso, os frascos vazios devem ser inutilizados. Possíveis irregularidades encontradas deverão ser comunicadas por meio do Sistema de Notificações para a Vigilância Sanitária.

Com informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa

RJ: Secretaria de Saúde distribui mais de 600 mil de doses de imunizantes - baixadanaweb

RJ: Secretaria de Saúde distribui mais de 600 mil de doses de imunizantes

RIO – O Governo do Rio de Janeiro, informou através da Secretaria de Estado de Saúde – SES realizou, neste último sábado (26), a entrega de 605.920 doses das vacinas contra a Covid-19. Dessas, 132.450 serão da Janssen, para aplicação em dose única, com distribuição para os 92 municípios do estado. Além disso, também serão distribuídas 200.070 vacinas da Pfizer (para primeira dose); e 273.400 doses de CoronaVac (136.700 para primeira dose e 136.700 para segunda dose). A operação de distribuição será realizada com helicópteros, caminhões e vans.

Logo no início da manhã por volta das 7h, comboios de vans e caminhões saíram da Coordenação Geral de Armazenagem – CGA da SES, para entrega dos imunizantes para 34 municípios, com escolta da Polícia Militar. Às 8h, as secretarias municipais de Saúde de Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí fazem a retirada dos imunizantes diretamente na CGA. Às 9h30, três helicópteros decolam levando as vacinas para as regiões da Costa Verde, Norte e Noroeste, sendo uma aeronave da Saúde, uma da Polícia Civil e uma da Polícia Militar.- É a primeira vez que o Ministério da Saúde envia a vacina da Janssen.

A distribuição para os 92 municípios foi definida em reunião do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems). Esta vacina é administrada em dose única, mas as demais disponíveis necessitam da aplicação das duas doses para alcançarem a eficácia demonstrada nos estudos. Além disso, vale reforçar que todas as vacinas disponíveis são eficazes contra as variantes identificadas até o momento – explica o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Assim como nas entregas anteriores, a SES enviará ofício para as Secretarias Municipais reforçando a importância de que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem suas ações de vacinação, priorizando os grupos elencados no Programa Nacional de Imunizações (PNI), e respeitando as doses que são destinadas para a primeira ou segunda aplicação. Neste caso, os municípios são responsáveis por guardarem metade do quantitativo de doses da CoronaVac que receberem para aplicação da segunda dose. A SES reitera que não há reserva técnica para reposição das vacinas, caso a administração das doses não siga o especificado, e destaca ainda que a gestão da aplicação das doses e o registro são de competência municipal.

Com informações do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Nova Iguaçu vacina pessoas até 46 anos nesta semana. Veja como se vacinar - baixadanaweb

Nova Iguaçu vacina pessoas até 46 anos nesta semana. Veja como se imunizar

NOVA IGUAÇU – A Prefeitura de Nova Iguaçu informa que estará vacinando pessoas entre 46 e 48 anos nesta semana. No sábado (03/07) será o dia de repescagem para todos os grupos que perderam a data de vacinação da primeira dose da vacina contra a Covid-19. Os 24 pontos de vacinação funcionarão das 8h30 às 16h de segunda à sexta-feira e no sábado das 8h30 às 14h.

Vacinação com a primeira dose:

– Segunda-feira(28/6): Pessoas de 48 anos;

Terça-feira(29/06): Pessoas de 47 anos;

Quarta-feira(30/06): Pessoas de 47 anos;

Quinta-feira(01/07): Pessoas de 46 anos;

Sexta-feira(02/07): Pessoas de 46 anos;

Sábado(03/07): Repescagem de todos os grupos.

Horário: De segunda à Sexta-feira de 8h30 às 16h e sábado das 8h30 às 14h.

Segunda dose: Continuará sendo aplicada conforme agendamento de retorno.

Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana - baixadanaweb

Vacinação para Gestantes e Comorbidades (Pfizer ou Coronavac)

Gestantes e puérperas acima dos 18 anos também poderão se vacinar esta semana. Elas devem levar identidade com foto; CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência de Nova Iguaçu.

Gestantes devem apresentar também um documento de indicação do obstetra autorizando a imunização. Puérperas com até 45 dias pós-parto e lactantes que amamentam bebês de até 12 meses a certidão de nascimento do bebê.

– Pessoas entre 18 e 59 com comorbidades (necessário apresentar laudo médico com a doença enquadrada nos critérios de comorbidade definidos pelo Programa Nacional de Imunização – PNI) ou receita médica.

Locais Pfizer: Espaço Municipal da Terceira Idade de Nova Iguaçu – Esmuti, na Clínica da Família Odiceia de Moraes, Centro de Atendimento ao Deficiente (CAD), Drive Thru Centro Olímpico, Drive Thru Shopping Nova Iguaçu, Drive Thru Top Shopping e Drive Thru Detran.

Locais Coronavac: Clínica da Família do Ambaí, Clínica da Família de Austin, Clínica da Família Boa Esperança, Clínica da Família de Cabuçu, Clínica da Família do Caiçara, Clínica da Família Dom Bosco, Clínica da Família Edi Pinto da Silva, Clínica da Família Emília Gomes, Clínica da Família de Jardim Paraíso, Clínica da Família do KM 32, Clínica da Família Maraú – Dirceu de Aquino Ramos, Clínica da Família Marfel, Clínica da Família de Vila de Cava, Clínica da Família Vila Nova, Clínica da Família Vila Operária, Policlínica de Miguel Couto e Unidade de Saúde da Família Rancho Fundo.

Horário: De segunda à Sexta-feira de 8h30 às 16h e sábado das 8h30 às 14h.

Observação: Respeitar o intervalo de no mínimo 14 dias entre a vacina Influenza (da gripe) e/ou outra vacina do calendário de vacinação da gestante e a vacina contra Covid-19.

A lista completa com os pertencentes aos grupos de vacinação, documentos que devem ser apresentados para a imunização, os endereços dos 24 pontos de vacinação contra a Covid-19 e o calendário de imunização está em: www.novaiguacu.rj.gov.br/semus/vacinacao-covid/calendario

Com informações da Prefeitura de Nova Iguaçu

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia

RIO – A orla da praia de Copacabana ganhou neste domingo (27) as cores do arco-íris em ato que chamou atenção para a proteção de pessoas LGBTQIA+ e as mortes na pandemia. No mês em que se celebra o Orgulho LGBTQIA+, bolas coloridas foram fincadas nas areias da praia para chamar atenção para a conquista de direitos dessa população e a necessidade de conscientização, sensibilização e respeito à diversidade.

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb
Foto: Karina Cruz – Divulgação

O ato foi promovido pela ONG Impulse Rio, voltada para a prevenção às Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e o HIV/Aids. A ação contou também com a distribuição de panfletos educativos e preservativos, além de cartazes incentivando o uso de máscaras e a vacinação contra a covid-19.

“Celebramos o orgulho que temos, mas sabemos de todas as demandas e lutas por direito social e estamos empenhados nisso também”, diz o diretor de eventos da ONG, Dantas Junior.

Segundo Dantas, a população LGBTQIA+ está entre as mais atingidas pela pandemia. “A taxa de desemprego aumentou exponencialmente, atingindo a sociedade como um todo. Mas, a população LGBTQIA+, que já é marginalizada, principalmente as pessoas trans, acabaram sofrendo ainda mais”, diz. A ONG passou, por exemplo, a distribuir cestas básicas para atender pessoas sem segurança alimentar.

O estudo Diagnóstico LGBTQIA+ na pandemia, conduzido entre 28 de abril a 15 de maio de 2020, no início da pandemia, mostrou que 21,6% dos entrevistados estavam desempregados e que três a cada dez estavam sem trabalho há pelo menos um ano. 

Além disso, uma em cada cinco pessoas LGBTQIA+ não possuía nenhuma fonte de renda individual e uma em cada quatro perdeu emprego em razão da pandemia. A pesquisa foi feita pelo coletivo #VoteLGBT em parceria com a Box1824 e foi coordenada por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp e da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb
Foto: Divulgação

Orgulho LGBTQIA+

O Dia Mundial do Orgulho LGBTQIA+ é celebrado em 28 de junho, em homenagem à Revolta de Stonewall, em 1969, que ocorreu em resposta à invasão da polícia de Nova York ao bar Stonewall Inn, no bairro do Greenwich Village. Os policiais começaram a prender os frequentadores do local, mas foram surpreendidos pela reação de centenas de pessoas revoltadas com a recorrente opressão policial contra pessoas LGBTQIA+. A reação se transformou em um marco representativo na luta por direitos civis.

De acordo com o último relatório anual de mortes violentas de LGBTQIA+ no Brasil, elaborado pelo Grupo Gay da Bahia, que há 40 anos coleta essas informações, a cada 26 horas um LGBTQIA+ é assassinado ou se suicida vítima da LGBTfobia. Em 2019, 329 lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e mais tiveram morte violenta no Brasil: 297 homicídios (90,3%) e 32 suicídios (9,7%).

Com informações da Agência Brasil

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país

BRASÍLIA – O Ministério da Saúde, confirmou neste domingo (27), que uma mulher grávida, de 42 anos, tornou-se a primeira paciente a morrer no Brasil com diagnóstico da variante delta do novo coronavírus. A vítima tinha vindo do Japão para Apuracana, no norte do Paraná, onde morreu em 18 de abril.

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

Ainda de acordo com o ministério, a gestante teve resultado negativo para covid-19 no teste de RT-PCR antes de embarcar para o Brasil. No entanto, a vítima começou a apresentar problemas respiratórios em 7 de abril, dois dias depois de chegar ao país. A paciente refez o teste, com resultado positivo.

Oito dias após a confirmação do diagnóstico, em 15 de abril, a gestante foi internada. Logo depois de passar por uma cesariana de emergência em 18 de abril, por causa do agravamento do estado de saúde, a mulher morreu. Nascido com 28 semanas de gestação, o bebê fez o teste para a doença, com resultado negativo.

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

A paciente morta está na origem do primeiro caso de transmissão comunitária no Paraná da variante delta, identificada na Índia. Uma idosa de 71 anos foi infectada pela filha, que era amiga da gestante e tinha ido visitá-la.

A idosa já teve alta. Como a filha, que teve contato com a gestante, só fez o teste de antígeno, não foi possível traçar o sequenciamento genético do vírus.

Com informações da Agência Brasil e Ministério da Saúde

Itaguaí: Vacinação contra raiva para cães e gatos começa dia 26 de junho - baixadanaweb

Itaguaí: Vacinação contra raiva para cães e gatos começa dia 26 de junho

ITAGUAÍ – A Prefeitura de Itaguaí, informou que irá iniciar neste próximo sábado (26), das 9h às 15h, a campanha de vacinação contra a raiva para cães e gatos. Neste dia, as equipes da Secretaria de Saúde estarão com cinco postos de imunização no bairro do Engenho e mais três no Centro.

Itaguaí: Vacinação contra raiva para cães e gatos começa dia 26 de junho - baixadanaweb

Durante toda a campanha, que vai até 4 de dezembro, serão disponibilizados 56 postos de vacinação, além de 15 localidades que serão assistidas com a circulação de viaturas.

Segundo a coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde, a meta para 2021 é imunizar 16.855 cães e 3.375 gatos. Na campanha de 2020, a Prefeitura vacinou mais de 15 mil animais: 12.862 cães e 2.264 gatos.

A prefeitura reforça que a vacina antirrábica é importante, pois representa a única forma de prevenir enfermidade e manter os animais saudáveis.

Veja a programação e os pontos de vacinação:


26/06 – Engenho, Centro.
24/ 07 – Jardim Laiá, Parque Paraíso, Califórnia, Santana, Ibirapitanga, Jardim América.
28/08 – Jardim América, São José, Monte Serrat, Mangueira, Estrela do Céu, Parque Primavera,
25/09 – Parque Primavera, Chaperó, Vila Margarida.
23/10 – Vila Margarida, Ito, Brisamar, Teixeira, Santa Cândida.
27/11 – Coroa Grande, Vila Paraíso, Vila Geni, Leandro, Jardim Weda, Amendoeira, Cantão.
04/12 – Ibirapitanga

Com informações da Prefeitura de Itaguaí

Mesquita inicia vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta - baixadanaweb

Mesquita iniciou vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta-feira

MESQUITA – A vacinação contra covid-19 nesta quarta-feira, dia 23 de junho, foi destinada principalmente às pessoas a partir de 48 anos. Mas, como Mesquita aguarda a chegada de nova remessa de imunizantes pela manhã, os trabalhos de imunização começaram apenas a partir das 9h. Além disso, há certeza de primeira dose apenas nas clínicas da família São José e Jacutinga.

Mesquita inicia vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta - baixadanaweb
Foto: Divulgação

Além do público que se vacinará por faixa etária, todos que estão inseridos em algum dos grupos prioritários já convocados, mas que ainda não receberam a primeira dose, também podem receber a primeira dose. Ou seja, profissionais e estagiários da área da saúde, profissionais da educação, profissionais de forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, metroviário, ferroviário, transportes aéreos e aquaviários; trabalhadores portuários e industriais; e trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente; e gestantes e puérperas com comorbidades puderam buscar a primeira dose na vacinação contra covid-19, desde que tenham a partir de 18 anos.

Com informações da Prefeitura de Mesquita