Marcado: Coronavírus

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras - baixadanaweb

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras

DUQUE DE CAXIAS – O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, publicou, nesta última terça-feira (5), um decreto desobrigando o uso de máscara facial no território do Município de Duque de Caxias. A nova determinação leva em conta o alto número de pessoas vacinadas contra o novo coronavírus na cidade da Baixada Fluminense e os índices de casos em constante queda.

Duque de Caxias: Prefeito suspende o uso obrigatório de máscaras - baixadanaweb

Segundo o decreto, “fica desobrigado o uso de máscara facial no período da pandemia do COVID-19, em local aberto ou fechado, em todo o território do Município de Duque de Caxias”. Este caso não se aplica no caso da pessoa que se encontre infectada ou com suspeita de estar contaminada com o vírus coronavírus durante o período de transmissão.

Atualmente, Duque de Caxias já aplicou mais de 900 mil doses da vacina contra o coronavírus. O número de aplicações de primeira dose já ultrapassou a marca de 70% da população alvo. A segunda dose na cidade da Baixada Fluminense alcançou, até o momento, 46,8% do público alvo.

Para saber os locais e dias de vacinação contra a COVID-19 no município veja mais informações em: https://duquedecaxias.rj.gov.br/pagina/servicos/cronograma-de-vacinacao

Com informações da Prefeitura de Duque de Caxias


Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5) - baixadanaweb

Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5)

NOVA IGUAÇU – A Prefeitura de Nova Iguaçu, informou que nesta terça-feira (5), estará realizando a vacinação contra a Covid-19 para pessoas acima de 12 anos. A dose de reforço segue sendo aplicada em imonussuprimidos, idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde. Todos os 24 pontos de imunização funcionarão das 8h30 às 16h, normalmente.

Nova Iguaçu: Prefeitura anuncia vacinação para pessoas acima de 12 anos, nesta terça-feira (5) - baixadanaweb

Calendário de vacinação nesta terça-feira (5)

– Pessoas acima de 12 anos;

– Imunossuprimidos com 28 dias após segunda dose ou dose única (dose de reforço);

– Idosos acima de 60 anos com seis meses após segunda dose ou dose única (dose de reforço);

– Profissionais de saúde da rede municipal e privada com seis meses após segunda dose ou dose única (dose de reforço).

Segunda dose

Continuará sendo aplicada conforme agendamento de retorno

Horário: Das 8h30 às 16h

 Locais: Drive-Thru Top Shopping, Drive-Thru DETRAN Bairro Botafogo, Drive-Thru Shopping Nova Iguaçu, Drive-Thru Centro Olímpico, Espaço Municipal Da Terceira Idade (Esmuti), Clínica Da Família Dom Bosco, Clínica Da Família Vila Operária, Usf Rancho Fundo, Centro De Atendimento Ao Deficiente (Cad),  Clínica Da Família Marfel, Clínica Da Família Do Caiçara,  Clínica Da Família Do Ambaí, Clínica Da Família Jardim Paraíso, Clínica Da Família Vila De Cava,  Clínica Da Família Austin, Clínica Da Família Odiceia Morais, Policlínica Miguel Couto, Clínica Da Família Emília Gomes, Clínica Da Família Boa Esperança, Clínica Da Família Cabuçu,  Clínica Da Família Maraú,  Clínica Da Família Do Km32,  Clínica Da Família Edi Pinto Da Silva, Centro De Saúde Vasco Barcelos.

A lista completa com os pertencentes aos grupos de vacinação, documentos que devem ser apresentados para a imunização, os endereços dos 24 pontos de vacinação contra a Covid-19 e o calendário de imunização estão em: www.novaiguacu.rj.gov.br/semus/vacinacao-covid/calendario

Com informações da Prefeitura de Nova Iguaçu


Rio: Eduardo Paes prevê desobrigar uso de máscaras em duas semanas - baixadanaweb

Rio: Eduardo Paes prevê desobrigar uso de máscaras em duas semanas

RIO – O Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, informou através de sua conta no Twitter nesta segunda-feira (4), que o uso de máscaras em ambientes ao ar livre, sem aglomeração, poderá ser desobrigado na cidade do Rio de Janeiro já no próximo dia 15. Eduardo Paes citou a ata do Comitê Científico da Prefeitura, do dia 9 de agosto, mas só divulgada hoje.

Rio: Eduardo Paes prevê desobrigar uso de máscaras em duas semanas - baixadanaweb

No documento, a segunda etapa de redução das medidas restritivas prevê que, com 65% da população com esquema vacinal completo, haverá desobrigação no uso de máscaras em locais abertos sem aglomeração, mantendo sua utilização obrigatória onde não se consiga manter o distanciamento.

Ainda na segunda etapa, está prevista a permissão para realização de eventos em locais abertos, com restrição até mil pessoas, com uso de máscara obrigatório. Também haverá abertura de boates, danceterias, casas de show e festas, em locais fechados, somente para pessoas com esquema vacinal completo, com 50% da capacidade do ambiente.

Na terceira etapa, prevista pelo prefeito para ocorrer em 15 de novembro, quando haveria 75% da população com esquema vacinal completo, haverá manutenção de máscaras somente em ambientes hospitalares e transporte público, com livre circulação, sem restrições de capacidade e distanciamento.


Com informações da Agência Brasil e Redes Sociais

Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac - baixadanaweb

Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac

BRASÍLIA – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, informou que enviou às secretarias estaduais um alerta sobre a possibilidade de adulteração de frascos da vacina CoronaVac, usada na imunização contra a covid-19

Saúde: Anvisa alerta estados sobre adulteração de frasco da CoronaVac - baixadanaweb

Desde maio, a Anvisa investiga um possível caso de falsificação ocorrido no Maranhão. De acordo com a apuração, um frasco vazio de vacina foi reaproveitado para introdução de um líquido desconhecido. Um lacre adulterado também foi utilizado. 

Como medida de segurança, a agência recomendou que profissionais de saúde designados para aplicação de vacinas verifiquem se os frascos recebidos pelo Instituto Butantan estão intactos. Além disso, os frascos vazios devem ser inutilizados. Possíveis irregularidades encontradas deverão ser comunicadas por meio do Sistema de Notificações para a Vigilância Sanitária.

Com informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa

RJ: Secretaria de Saúde distribui mais de 600 mil de doses de imunizantes - baixadanaweb

RJ: Secretaria de Saúde distribui mais de 600 mil de doses de imunizantes

RIO – O Governo do Rio de Janeiro, informou através da Secretaria de Estado de Saúde – SES realizou, neste último sábado (26), a entrega de 605.920 doses das vacinas contra a Covid-19. Dessas, 132.450 serão da Janssen, para aplicação em dose única, com distribuição para os 92 municípios do estado. Além disso, também serão distribuídas 200.070 vacinas da Pfizer (para primeira dose); e 273.400 doses de CoronaVac (136.700 para primeira dose e 136.700 para segunda dose). A operação de distribuição será realizada com helicópteros, caminhões e vans.

Logo no início da manhã por volta das 7h, comboios de vans e caminhões saíram da Coordenação Geral de Armazenagem – CGA da SES, para entrega dos imunizantes para 34 municípios, com escolta da Polícia Militar. Às 8h, as secretarias municipais de Saúde de Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí fazem a retirada dos imunizantes diretamente na CGA. Às 9h30, três helicópteros decolam levando as vacinas para as regiões da Costa Verde, Norte e Noroeste, sendo uma aeronave da Saúde, uma da Polícia Civil e uma da Polícia Militar.- É a primeira vez que o Ministério da Saúde envia a vacina da Janssen.

A distribuição para os 92 municípios foi definida em reunião do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems). Esta vacina é administrada em dose única, mas as demais disponíveis necessitam da aplicação das duas doses para alcançarem a eficácia demonstrada nos estudos. Além disso, vale reforçar que todas as vacinas disponíveis são eficazes contra as variantes identificadas até o momento – explica o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Assim como nas entregas anteriores, a SES enviará ofício para as Secretarias Municipais reforçando a importância de que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem suas ações de vacinação, priorizando os grupos elencados no Programa Nacional de Imunizações (PNI), e respeitando as doses que são destinadas para a primeira ou segunda aplicação. Neste caso, os municípios são responsáveis por guardarem metade do quantitativo de doses da CoronaVac que receberem para aplicação da segunda dose. A SES reitera que não há reserva técnica para reposição das vacinas, caso a administração das doses não siga o especificado, e destaca ainda que a gestão da aplicação das doses e o registro são de competência municipal.

Com informações do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Nova Iguaçu vacina pessoas até 46 anos nesta semana. Veja como se vacinar - baixadanaweb

Nova Iguaçu vacina pessoas até 46 anos nesta semana. Veja como se imunizar

NOVA IGUAÇU – A Prefeitura de Nova Iguaçu informa que estará vacinando pessoas entre 46 e 48 anos nesta semana. No sábado (03/07) será o dia de repescagem para todos os grupos que perderam a data de vacinação da primeira dose da vacina contra a Covid-19. Os 24 pontos de vacinação funcionarão das 8h30 às 16h de segunda à sexta-feira e no sábado das 8h30 às 14h.

Vacinação com a primeira dose:

– Segunda-feira(28/6): Pessoas de 48 anos;

Terça-feira(29/06): Pessoas de 47 anos;

Quarta-feira(30/06): Pessoas de 47 anos;

Quinta-feira(01/07): Pessoas de 46 anos;

Sexta-feira(02/07): Pessoas de 46 anos;

Sábado(03/07): Repescagem de todos os grupos.

Horário: De segunda à Sexta-feira de 8h30 às 16h e sábado das 8h30 às 14h.

Segunda dose: Continuará sendo aplicada conforme agendamento de retorno.

Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana - baixadanaweb

Vacinação para Gestantes e Comorbidades (Pfizer ou Coronavac)

Gestantes e puérperas acima dos 18 anos também poderão se vacinar esta semana. Elas devem levar identidade com foto; CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência de Nova Iguaçu.

Gestantes devem apresentar também um documento de indicação do obstetra autorizando a imunização. Puérperas com até 45 dias pós-parto e lactantes que amamentam bebês de até 12 meses a certidão de nascimento do bebê.

– Pessoas entre 18 e 59 com comorbidades (necessário apresentar laudo médico com a doença enquadrada nos critérios de comorbidade definidos pelo Programa Nacional de Imunização – PNI) ou receita médica.

Locais Pfizer: Espaço Municipal da Terceira Idade de Nova Iguaçu – Esmuti, na Clínica da Família Odiceia de Moraes, Centro de Atendimento ao Deficiente (CAD), Drive Thru Centro Olímpico, Drive Thru Shopping Nova Iguaçu, Drive Thru Top Shopping e Drive Thru Detran.

Locais Coronavac: Clínica da Família do Ambaí, Clínica da Família de Austin, Clínica da Família Boa Esperança, Clínica da Família de Cabuçu, Clínica da Família do Caiçara, Clínica da Família Dom Bosco, Clínica da Família Edi Pinto da Silva, Clínica da Família Emília Gomes, Clínica da Família de Jardim Paraíso, Clínica da Família do KM 32, Clínica da Família Maraú – Dirceu de Aquino Ramos, Clínica da Família Marfel, Clínica da Família de Vila de Cava, Clínica da Família Vila Nova, Clínica da Família Vila Operária, Policlínica de Miguel Couto e Unidade de Saúde da Família Rancho Fundo.

Horário: De segunda à Sexta-feira de 8h30 às 16h e sábado das 8h30 às 14h.

Observação: Respeitar o intervalo de no mínimo 14 dias entre a vacina Influenza (da gripe) e/ou outra vacina do calendário de vacinação da gestante e a vacina contra Covid-19.

A lista completa com os pertencentes aos grupos de vacinação, documentos que devem ser apresentados para a imunização, os endereços dos 24 pontos de vacinação contra a Covid-19 e o calendário de imunização está em: www.novaiguacu.rj.gov.br/semus/vacinacao-covid/calendario

Com informações da Prefeitura de Nova Iguaçu

Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana - baixadanaweb

Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana

RIO – Com a chegada de novas vacinas no Estado do Rio de Janeiro, o calendário de vacinação das cidades da Baixada Fluminense precisaram passar por alterações nesta última semana do mês de junho. As novas vacinas serão aplicadas conforme determinação de cada prefeitura.

Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana - baixadanaweb

Duque de Caxias

A prefeitura promove a primeira dose da vacina contra a Covid-19 para as pessoas de 46 anos ou mais neste domingo, desde as 7h, nas UPHs Xerém, Imbarie, Equitativa, Saracuruna, Pilar, Campos Elíseos e Hospital Municipal Duque (Av. Dr. Manoel Lucas – Parque Senhor do Bonfim).

Para se vacinar, é preciso apresentar comprovante de residência e documento de identidade. A imunização acontece a partir de 7h. Todos os pontos de imunização funcionam tanto para pedestres, como para atendimento drive-thru.

A Prefeitura também está disponibilizando o canal direto “Informativo Covid”, através do WhatsApp (21) 98880-9306, para que a população tire dúvidas e obter informações atualizadas sobre a vacinação no município.

Locais de vacinação, a partir das 7h:

  • Restaurante do Povo (Centro)
  • Praça do Pacificador (Centro)
  • Praça da Prainha
  • Praça da Apoteose (Vila São Luiz)
  • Praça Beto o Amigo (Gramacho)
  • Praça Olavo Bilac
  • Praça Dr. Laureano (em frente ao Hospital do Olho)

Nova Iguaçu

A prefeitura vacinará as pessoas entre 46 e 48 anos nesta semana, . No próximo sábado, 3, será o dia de repescagem para todos os grupos que perderam a data de vacinação da primeira dose.

É obrigatória a apresentação de carteira de identidade, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência.

Locais de vacinação, das 8h30 às 16h (segunda à sexta) e das 8h30 às 14h (sábado):

  • Centro de Atendimento ao Deficiente (CAD)
  • Clínica da Família Boa Esperança
  • Clínica da Família Cabuçu
  • Clínica da Família de Austin
  • Clínica da Família de Vila De Cava
  • Clínica da Família do Ambai
  • Clínica da Família do Caiçara
  • Clínica da Família do KM 32
  • Clínica da Família Dom Bosco
  • Clínica da Familia Emilia Gomes
  • Clínica da Família Jardim Paraíso
  • Clínica da Família Maraú
  • Clínica da Família Marfel
  • Clínica da Família Maria Umbelina
  • Clínica da Família Odiceia Morais
  • Clínica da Família Vila Nova
  • Clínica da Família Vila Operária
  • Drive-thru – Centro Olímpico de Nova Iguaçu
  • Drive-thru – Estacionamento do Top Shopping
  • Drive-thru – Posto de Vistoria do Detran
  • Drive-thru – Shopping Nova Iguaçu
  • Espaço Municipal da Terceira Idade de Nova Iguaçu (Esmuti)
  • Policlínica De Miguel Couto
  • Unidade de Saúde da Família Rancho Fundo
Covid-19: Veja o calendário de vacinação nas cidades da Baixada nesta semana - baixadanaweb

Belford Roxo

A vacinação contra a Covid-19 das gestantes e puérperas está sendo feita na Clínica da Mulher (Rua Dona Joaquina, s/n, Centro), das 8h às 17h. No sábado, o horário é das 8h ao meio-dia.

É necessário apresentar identidade, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência de Belford Roxo, atestado e/ou laudo médico que demonstre pertencer ao grupo de comorbidades ou as três últimas receitas com validade máxima de seis meses (documentos originais e cópias).

Locais de vacinação

Drive thru (ambas as doses):

  • Uniabeu – Rua Itaiara, 301, Centro

1ª dose e 2ª dose:

  • Policlínica de Heliópolis;
  • Policlínica Itaipú;
  • Policlínica Parque Amorim;
  • Policlínica Parque São José;
  • Policlínica Wona.
  • Ciep Casemiro Meirelles
  • Ciper Gustavo Capanema
  • Ciep Constantino Reis
  • USF Maria Anésia de Araújo Silva
Mesquita inicia vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta - baixadanaweb

Mesquita

O município de Mesquita vai vacinar, neste sábado, dia 26, somente pessoas que vão tomar a segunda dose.

Gestantes e puérperas com comorbidade devem especificamente se vacinar nas clínicas da família São José e Jacutinga.

Para se vacinar, é preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

A cidade disponibiliza o agendamento da imunização no site http://vacinacovid19.mesquita.rj.gov.br , das 7h às 22h, sempre ao dia anterior da vacina. No momento da vacinação, é necessário comparecer com identidade, CPF e comprovante de residência de Mesquita.

Segundo a prefeitura, o agendamento não é obrigatório, mas agiliza o processo.

Segunda a sexta, das 8h às 17h, e sábados, das 8h às 12h

  • Clínica da Família Jacutinga – Rua Barão do Rio Branco s/nº
  • Clínica da Família São José – Avenida União 676, em Santa Terezinha

Drive-thru – Segunda a sexta, das 8h às 16h, e sábados, das 8h às 14h

  • Paço Municipal – Entrada pela Avenida Brasil, na Coreia

Magé

O município vai aplicar em todos os idosos que aguardam pela segunda dose de Coronavac nesta segunda-feira, 28, e a primeira dose para a população em geral a partir dos 56 anos, com comorbidades a partir dos 18 e trabalhadores da Educação a partir dos 18.

A imunização para as pessoas com comorbidades acontece em 15 unidades, das 9h às 14h, para a primeira e segunda dose de AztraZeneca. É obrigatório apresentar RG, CPF e cartão SUS. A imunização de profissionais da saúde acontece exclusivamente no Centro de Imunização.

Locais de vacinação

  • Centro de Imunização – Rua Getúlio Pereira sem número, atrás do Hospital de Magé
  • USF Jardim Esmeralda – Rua do Sapotizeiro sem número, Jardim Esmeralda
  • USF Cachoeirinha – Estrada Municipal Antônio Além Bergara 3.150
  • USF Praia do Anil – Rua Roberto Silveira sem número, Praia do Anil
  • USF Buraco da Onça – Avenida Roberto Silveira 560, Buraco da Onça
  • USF Maurimárcia – Rua do Canal sem número, Maurimárcia
  • USF Andorinhas – Rua Waldemar Colombo Garcia, Andorinhas
  • USF Partido – Rua José Zarzur 142, lote 13/21, quadra 20, Suruí
  • USF Guarani I – Rua Janete 8, Piabetá
  • USF Pau Grande – Rua Antonio Ribeiro Seabra sem número, Pau Grande
  • USF Jardim Nazareno – Alameda Luizinha 178, Jardim Nazareno
  • USF Serrana I – Rua do Sapateiro, s/nº – Vila Serrana, sexto distrito
  • USF Barbuda
  • USF Ypiranga
  • CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) Piabetá

Nilópolis

O município de Nilópolis vai vacinar, neste sábado, dia 26, pessoas com 54 anos ou mais; grávidas e puérperas com comorbidades;

Locais de vacinação, das 9h às 17h

  • Posto Central – Rua João Pessoa, 1530, Centro
  • Posto de Atendimento Médico e Sanitário do Cabral – Rua Roldão Gonçalves, s/n, Cabral
  • Posto A. de A. Machado – Rua Mário Valadares, s/n, Novo Horizonte
  • Posto Dorvil Almeida Lacerda – Rua José Couto Guimarães, 1299, Paiol
  • Posto Médico Rosa Maria Perez – Rua Mal. Deodoro, 555, Nova Cidade
  • Posto Nova Olinda – Rua Amadeu Lara, s/n, Olinda
  • Posto Programa de Saúde da Família – Cabuís – Rua General Mena Barreto, s/nº, Cabuís
  • Posto Programa de Saúde da Família – Nova Olinda – Rua Pedro Roque, 13, Olinda
  • Posto Programa de Saúde da Família – Manoel Reis – Rua Antônio João Mendonça, s/nº, Manoel Reis
  • Posto Programa de Saúde da Família – Frigorífico – Rua Dr. Rufino Gonçalves Ferreira, s/n, Frigorífico
  • Posto Dr. Armando Almeida – Chatuba – Rua: Marques Canário, 970

Com informações das Prefeituras

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia

RIO – A orla da praia de Copacabana ganhou neste domingo (27) as cores do arco-íris em ato que chamou atenção para a proteção de pessoas LGBTQIA+ e as mortes na pandemia. No mês em que se celebra o Orgulho LGBTQIA+, bolas coloridas foram fincadas nas areias da praia para chamar atenção para a conquista de direitos dessa população e a necessidade de conscientização, sensibilização e respeito à diversidade.

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb
Foto: Karina Cruz – Divulgação

O ato foi promovido pela ONG Impulse Rio, voltada para a prevenção às Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e o HIV/Aids. A ação contou também com a distribuição de panfletos educativos e preservativos, além de cartazes incentivando o uso de máscaras e a vacinação contra a covid-19.

“Celebramos o orgulho que temos, mas sabemos de todas as demandas e lutas por direito social e estamos empenhados nisso também”, diz o diretor de eventos da ONG, Dantas Junior.

Segundo Dantas, a população LGBTQIA+ está entre as mais atingidas pela pandemia. “A taxa de desemprego aumentou exponencialmente, atingindo a sociedade como um todo. Mas, a população LGBTQIA+, que já é marginalizada, principalmente as pessoas trans, acabaram sofrendo ainda mais”, diz. A ONG passou, por exemplo, a distribuir cestas básicas para atender pessoas sem segurança alimentar.

O estudo Diagnóstico LGBTQIA+ na pandemia, conduzido entre 28 de abril a 15 de maio de 2020, no início da pandemia, mostrou que 21,6% dos entrevistados estavam desempregados e que três a cada dez estavam sem trabalho há pelo menos um ano. 

Além disso, uma em cada cinco pessoas LGBTQIA+ não possuía nenhuma fonte de renda individual e uma em cada quatro perdeu emprego em razão da pandemia. A pesquisa foi feita pelo coletivo #VoteLGBT em parceria com a Box1824 e foi coordenada por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp e da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Rio: Ato chama atenção para proteção de pessoas LGBTQIA+ na pandemia - baixadanaweb
Foto: Divulgação

Orgulho LGBTQIA+

O Dia Mundial do Orgulho LGBTQIA+ é celebrado em 28 de junho, em homenagem à Revolta de Stonewall, em 1969, que ocorreu em resposta à invasão da polícia de Nova York ao bar Stonewall Inn, no bairro do Greenwich Village. Os policiais começaram a prender os frequentadores do local, mas foram surpreendidos pela reação de centenas de pessoas revoltadas com a recorrente opressão policial contra pessoas LGBTQIA+. A reação se transformou em um marco representativo na luta por direitos civis.

De acordo com o último relatório anual de mortes violentas de LGBTQIA+ no Brasil, elaborado pelo Grupo Gay da Bahia, que há 40 anos coleta essas informações, a cada 26 horas um LGBTQIA+ é assassinado ou se suicida vítima da LGBTfobia. Em 2019, 329 lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e mais tiveram morte violenta no Brasil: 297 homicídios (90,3%) e 32 suicídios (9,7%).

Com informações da Agência Brasil

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país

BRASÍLIA – O Ministério da Saúde, confirmou neste domingo (27), que uma mulher grávida, de 42 anos, tornou-se a primeira paciente a morrer no Brasil com diagnóstico da variante delta do novo coronavírus. A vítima tinha vindo do Japão para Apuracana, no norte do Paraná, onde morreu em 18 de abril.

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

Ainda de acordo com o ministério, a gestante teve resultado negativo para covid-19 no teste de RT-PCR antes de embarcar para o Brasil. No entanto, a vítima começou a apresentar problemas respiratórios em 7 de abril, dois dias depois de chegar ao país. A paciente refez o teste, com resultado positivo.

Oito dias após a confirmação do diagnóstico, em 15 de abril, a gestante foi internada. Logo depois de passar por uma cesariana de emergência em 18 de abril, por causa do agravamento do estado de saúde, a mulher morreu. Nascido com 28 semanas de gestação, o bebê fez o teste para a doença, com resultado negativo.

Brasil: Ministério da Saúde confirma primeira morte da variante delta no país - baixadanaweb

A paciente morta está na origem do primeiro caso de transmissão comunitária no Paraná da variante delta, identificada na Índia. Uma idosa de 71 anos foi infectada pela filha, que era amiga da gestante e tinha ido visitá-la.

A idosa já teve alta. Como a filha, que teve contato com a gestante, só fez o teste de antígeno, não foi possível traçar o sequenciamento genético do vírus.

Com informações da Agência Brasil e Ministério da Saúde

Mesquita inicia vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta - baixadanaweb

Mesquita iniciou vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta-feira

MESQUITA – A vacinação contra covid-19 nesta quarta-feira, dia 23 de junho, foi destinada principalmente às pessoas a partir de 48 anos. Mas, como Mesquita aguarda a chegada de nova remessa de imunizantes pela manhã, os trabalhos de imunização começaram apenas a partir das 9h. Além disso, há certeza de primeira dose apenas nas clínicas da família São José e Jacutinga.

Mesquita inicia vacinação contra covid-19 a partir de 48 anos nesta quarta - baixadanaweb
Foto: Divulgação

Além do público que se vacinará por faixa etária, todos que estão inseridos em algum dos grupos prioritários já convocados, mas que ainda não receberam a primeira dose, também podem receber a primeira dose. Ou seja, profissionais e estagiários da área da saúde, profissionais da educação, profissionais de forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, metroviário, ferroviário, transportes aéreos e aquaviários; trabalhadores portuários e industriais; e trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente; e gestantes e puérperas com comorbidades puderam buscar a primeira dose na vacinação contra covid-19, desde que tenham a partir de 18 anos.

Com informações da Prefeitura de Mesquita